quarta-feira, 29 de agosto de 2012

"Como vai você? Eu preciso saber da sua vida ..."

Oiii

Putz.. tanto tempo que não venho por aqui.. 

Estou morrendo de vergonha de todos vocês, porque sempre volto dizendo que voltei e que ficarei firme, mas aí a vida aperta um pouquinho e eu desapereço de novo.

Bom, pra falar a verdade a vida tem apertado com bastante frequência.... Mas como já dizia Guimarães Rosa tudo o que ela quer da gente é coragem não é?

O tempo está tão corrido.. Parece que meu dia tem menos de 24 horas! hahaha

Dessa vez, não vou dizer que voltei. Porque não sei o que pode acontecer amanhã. Mas direi que estou tentando voltar... Sinto muita saudade de todos vocês, de todas as palavras e carinho.. Vc's são demais! Mas essa saudade não tem sido mais forte que o tempo.. que me aperta contra a parede e me obriga a me dedicar a outras coisas, como faculdade, vida sentimental.. e blá,blá,blá.

Mas quero voltar, poxa! Isso é sempre verdade.. Só não sei bem o que fazer.. Me sinto bem perdida!

Então, vocês, que nunca me abandonam... Me digam, o que eu faço? Um resumo de tudo q aconteceu na história até aqui? Continuo a história? Esqueço essa e começo outra?

Socorraaam - me!! Dessa vez quero voltar pra valeeer... Então, que não falte fé e esperança! E se faltar, a gente inventa! (C.F.A.)

p.s.: Eu sei que o título não tem nada a ver com a postagem.. é só que gosto dessa música e como tem tanto tempo que não venho aqui... Fico curiosa pra saber como vão todos vocês!

Bjãooo grandeee!!!

6 escreveram:

Patriny Marcelle disse...

Muiiito tempo mesmo em minha linda. Poxa sinto muita saudade daqui. Gostava muito da história, mas acho que com sua ausência ela desandou um pouco. Vou te dar uma dica: acho uma bom você dar um trato no blog, uma geral do layout e vim com tudo novo.
Espero que você volte mesmo. Gosto muito do seu jeito de escrever histórias. Boa sorte minha flor.
Beijossss

Machado de Carlos disse...

As palavras são mágicas. Uma palavra, misteriosamente, procura outra palavra, como se fossem parte de uma engrenagem, na construção de belos textos. Vejo nas palavras, como se fossem novelos a serem desenrolados.
A história, como a própria vida deve continuar como parte de nós, não é?
Como se respirássemos ares da nossa criação. Uma arte!
Beijos!...

Machado de Carlos disse...

Obrigado pelo seu carinho e pela lembrança! Eu também com saudade dos seus belos textos! Acho que continuar sempre desenvolvendo belas cenas, através de suas palavras!
Obrigado
Beijos!...

Pauline Evelaine disse...

Que bom que vc está tentando voltar.
Estou com muitas saudades de ler teus lindos textos... e sim... é bom continuar a história estou tão ansiosa em saber o que há de acontecer.
Boa tarde linda e obrigada pela visita que fizeste ao meu blog!!

Bjinhos!!

Cássia Tamires disse...

Eu creio que não conhecia o blog por isso não vou opinar. Mas gostei muito da tua visita. Tenha um bom final de semana!
Beijos :*

Juliana Guedes disse...

Realmente as vezes a vida não nós deixa dedicar ao nosso cantinho.
Eu também amo essa música, beijos e espero que fique firme, pois adorei seus textos.

Template by:

Free Blog Templates