segunda-feira, 24 de outubro de 2011

10º Capítulo - Parte 2

Parte anterior: Lani e Diego se entendem, fazem as pazes e se beijam. Samantha vai conversar com Lani, as duas brigam e Samantha não consegue pedir perdão para Lani. Para ler, clique Aqui.



           Samantha correu o mais rápido que pode, as lágrimas lhe encobriam a visão, ela sentia um vazio preenchê-la por completo.
            Quanto mais corria, mais chorava. No entanto, de repente parou, batera em alguma coisa. Estava cansada, apenas fechou os olhos e se permitiu chorar.
            Diego passou a mão nos cabelos dela. O que poderia ter acontecido para Samantha estar tão desesperada?
            Deixou que ela chorasse alguns segundos e então a ouviu quieto.
            _Diego? Eu me esbarrei em você? Desculpa. - Ela falou com a voz fraca.
            _Não parece bem, Samantha. O que houve?
            _Não é nada.
            _Nada? Então que nada é esse que te deixou assim tão desesperada?
            Ela ficou calada tentando arranjar uma desculpa qualquer, mas então se rendeu:
            _Fui conversar com Lani, ela me disse umas verdades e eu não consegui pedir perdão pra ela! Eu amarelei que nem uma idiota! Agora ela vai ficar achando que eu só queria fazer hora com a cara dela... Eu não consegui falar nada do que eu tinha planejado, eu não tive coragem de pedir perdão. E isso dói! Dói muito, Diego! Dói demais... – Samantha chorou incontrolável.
            A dor era tanta que lhe despedaçava a alma.
            Sentia tanta falta de Gabriel, ninguém poderia substituí-lo.
            Queria tanto voltar ao passado, queria tanto mudar tudo.
            Por que depois de tanto tempo ainda doía tanto? Ela só queria compreender.
            _Lani é orgulhosa, Samantha. Você mesma disse isso, tenho certeza que vocês duas vão se entender ainda. – Diego disse tentando acreditar também.
            _Ah, como eu me odeio... Eu só queria que as coisas voltassem a ser como antes... Eu queria Gabriel e Lani comigo como sempre fora.
            Diego a abraçou forte.
            _Dói tanto... É insuportável! – Samantha disse entre soluços.
            Quem podia curar uma dor como aquela? Uma dor que não se pode ver e nem se tem, mas que apenas se sente...
            Quem poderia curar uma dor incurável?
            Diego esperou que Samantha se acalmasse, embora isso parecesse praticamente impossível, e então a levou para casa.
            Assim que ficou só correu até a praia, queria encontrar Lani.
            Ela estava sentada na areia, abraçava as próprias pernas e os cabelos loiros voavam ao vento. Exatamente como ele a imaginara.
            Diego sentiu a raiva dissipar no momento em que a viu ali. Tão delicada, sensível, incapaz de fazer mal a qualquer pessoa. Ou ele estaria enganado?
            A verdade é que não conseguia compreender por que Lani não conseguia perdoar Samantha. Por que tanta mágoa?
            Estava parado na areia, pensando e olhando para ela, até que essa se virou.
            _Diego? – Pode ouvir a voz baixa de Lani lhe chamando.
            Caminhou devagar até ela, tentava se lembrar o porquê de ter ido até lá. Lani lhe fazia perder a cabeça, quase literalmente.
            Sentou ao seu lado e então a olhou no rosto. Seus olhos estavam vermelhos, o azul intenso ofuscado e na pele rastros de lágrimas que já haviam passado por ali.
            _Samantha veio falar comigo. – Lani disse antes que Diego pudesse dizer qualquer coisa.
            _Eu sei.
            _Sabe? Você viu? – Ela questionou sem entender.
            _Encontrei com Samantha, ela estava desesperada. – Diego disse desviando os olhos para o mar, Lani o imitou.
            _Estava desesperada? – Perguntou irônica. – Ela deve ser uma ótima atriz perto de você, porque perto de mim ela foi um fracasso. – Lani suspirou. – Eu sabia que era tudo mentira, Samantha não sente saudades de mim. Pode até ser que ela sinta saudades do passado, mas não de mim! Não da nossa amizade!
            Lani passou a mão na arei lentamente, Diego apenas ouvia, olhos fixos no mar.
            _Ela não teve coragem de me pedir perdão... Ficou calada, parecia uma idiota. Eu conheço bem Samantha, quando ela quer uma coisa ela é bem determinada! Se ela quisesse mesmo ser minha amiga ela não teria tido medo ou vergonha... Ela até se humilharia se fosse preciso.
            _Samantha me disse que amarelou perto de você, estava se sentindo uma idiota. – Diego falou sem emoção.
            _Será que tem alguma possibilidade dela ter descoberto sobre nós dois? Acho que não existe outro motivo para ela mentir...
            _Lani, Samantha não estava mentindo! Eu a encontrei assim que ela terminou de falar com você e ela estava desesperada! Completamente desesperada, entende? - Diego disse impaciente.
            Lani olhou para Diego com raiva, ele também a olhava agora.
            _Você acredita mesmo nela?
            _É claro que sim! Ela é minha amiga! Eu não acredito que Samantha seja tão boa atriz assim, e por que ela me enganaria? Ninguém sabe sobre nós dois, Lani. Ninguém!
            _Não acredito que esteja defendendo Samantha! Não acredito! Será que você não percebe, Diego? Ela nunca teve intenção de me pedir perdão, ela nunca quis ser minha amiga de novo! De alguma forma, ela lucra com isso... Talvez ganhe o seu coração, não sei! Só sei que eu não acredito nela! – Lani disse tentando não gritar.
            _Eu não consigo ver falsidade na Samantha que acabei de conversar.
            _E em mim? Você consegue ver falsidade em mim? – Ela perguntou com muita raiva.
            _Não vejo falsidade em você, mas vejo mágoas guardadas e uma menina muito má que não consegue ver o bem no próximo.
            Lani ficou de pé num pulo. Diego tinha falado demais.
            _Mágoas guardadas? Você não sabe o quanto ela me machucou, Diego! Você não pode ver o quanto dói! Se você pudesse ver talvez você me entendesse! – Parou para respirar, mas não deixou que Diego falasse. - Menina má? Quer dizer que eu sou a vilã agora? Eu só precisava que você ficasse do meu lado, Diego! Mas já vi que você se importa demais com Samantha para se importar comigo.
            Diego ficou em pé e olhou nos olhos de Lani:
            _Eu não estaria gostando de você se não te falasse a verdade, quero o melhor pra você, Lani. O melhor!
            _Ah! Então você gosta de mim e por isso me magoa com a verdade? E o que é verdade, Diego? – Lani gritava. – Já que você se preocupa tanto com a verdade, então procure sua amiga e diga que está comigo! Diga que estamos juntos e que você não sente nada por ela! Por que só eu tenho que ouvir a verdade de você?
            _Lani, por favor, você está muito nervosa.
            _DROGA! Eu não estou nervosa! – Ela o empurrou com raiva. - Sai de perto de mim, Diego! E só volte quando perceber o quão idiota você está sendo comigo!
            Diego observou Lani se afastar pisando forte. Pelo menos ela não estava sofrendo como Samantha, pensou. Não suportariaver Lani com tamanha tristeza.


            Lani bateu forte a porta do quarto e se jogou na cama.
            A dor invadiu seu coração e ela chorou alto.
            Seus pais não estavam em casa, ela estava sozinha. E era exatamente assim que ela se sentia, sozinha. Terrivelmente sozinha.
            Sabia que tinha sido má com Diego... Mas será que ele não percebia? A única coisa que ela precisava era de um abraço.
            Estava triste, angustiada e chorava quando Diego aparecera na praia, ainda assim ele sequer parecera notar que ela não estava bem.
            Em seu coração tinha certeza que poderia contar com Diego, mas essa certeza havia se frustrado.
            E o pior de tudo isso, pensou consigo mesma, é que estava terrivelmente apaixonada por ele.

Continua 



28 escreveram:

Debbys disse...

ah, preciso concordar com a Lani né.. afinal, depois de td que a outra aprontou com ela, é normal q ela esteja desconfiada... hehehe

bjuss

Tay disse...

OMG' que confusão, será que Diego ainda sente alguma coisa pela Samantha? Fico me perguntando se tudo vai se repetir novamente D:
bjus ;*

Vera Lúcia disse...

Olá Tânia,
Que garotas complicadas e orgulhosas!
Lani precisa lavar sua alma das mágoas e dar um chance para Samantha. Afinal Samantha já mostrou sua disposição em resgatar a antiga amizade das duas.
O conto continua ótimo e interessante.
Beijos.

Machado de Carlos disse...

... e a saga continua! Um belo romance. Delicioso de se ler. Tiro o chapéu, reiteradas vezes pelas tão belas escritas. Parabéns!
Beijos!...

§Anjo§ disse...

Olááááááááá Tânia! Saudades! Que confusão de sentimentos, hein! Esse triângulo amoroso ainda vai dar muito pano pra manga! rsrsrsrsr Entendo a Lani, mas também entendo o Diego!!!!!!! Esta estória está cada vez melhor...
Acabei de postar a primeira parte do meu Conto: Haziel! Passa lá e confere... E tem selinho pra vc, é só pegar!
Muitos beijinhos e obrigado pela preocupação e pelo carinho...
Bye
Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com

Bandys disse...

Carencia e paixão?

Taninha te deixo um beijo

O Profeta disse...

Senti nos pés o pulsar da ilha
Um farol avisa o longe do perto
A lava encoberta na costa dormente
Sete rumos e apenas um certo

Neste Mar senti a vontade de prantear
A nudez da noite no encontro do silêncio total
Encobriu meu pranto das estrelas
Uma zombeteira Lua marcou no dia o encontro final

Mágico beijo

Brenda Santos disse...

Nossa já perdi muitos capítulos, que chato mas acho que é isso aí Lani deve esquecer o passado ou pelo menos tentar e refazer sua amizade com a Samantha.

Vanessa Sagossi disse...

Oii!

Continuaaa!!
Eu concordo com a Lani. A Samantha só pode estar mentindo.

Beijos,
Vanessa Sagossi
comentandoofilme.blogspot.com

Emi disse...

Será que a Samantha mudou mesmo? Tomara que sim. Sou boazinha torcendo para tudo ficar okay hahaha
Lani entenda o Diego ele sempre foi super amigo da Sam, isso é tenso para ele '-'
Aguardo seu próximo post *-*

Eppifania disse...

Ei, mais que saudade daqui. Sempre conseguindo me conquistar, sim? E pelo visto a história ainda continua. Ainda me lembro com detalhes o início de cada personagem. Vale à pena ser lido e comentado. ^^ Bem, eu sou a dona do Eppifania. Andei meio desativada, mas estou voltando com força total. Espero contar com sua presença e críticas. O Blog ainda está em tempo de reformas, mas sempre é bom uma dicazinha, não é? Te espero lá, posso contar com a sua presença? Beijão.

http://eppifania.blogspot.com/

Karina sousa ♥ disse...

Espero que com o tempo Lani consiga perdoar Samantha por mais dificil que seja e que isso não atrapalhe o amor dela com Diego.
Beijoo

Marcos de Sousa disse...

Acho que a Lani está certa. Quem erra uma vez, erra duas, três...

Beijos

Olga disse...

faz tanto tempo que não venho aqui. :)
gostei do que li e agr preciso voltar e ler o começo dessa história sjdsahgaksdh

Camila disse...

Estou gostando (:

ϟ Cynthia Brito disse...

Oi Tânia! Tudo bem?
Adorei te receber no Flores!
Tenha uma boa tarde viu?
Beijos.

Patriny Marcelle disse...

Oie Tânia, quanto tempo. Li os dois últimos posts. Sei que já disse isso, mas você escreve muito bem, já pensou em publicar um livro? rsrsrs
Estou adorando a história.
Beijos lindah
P.S. visite o I Simply

Bubu disse...

Sabe o que eu muito queria? Poder imprimir isso aqui, e colocar como o meu livro de cabeceira. Muito bom, como gosto.

Poesias Partidas disse...

Passei para te visitar e deixar um forte abraço poético cara escritora. Desejo um ótimo final de semana.

Marcos Alderico

Carolina Hermanas disse...

Nossa,que capítulo triste e forte :/
Mas eu quero mais.HAHAHAHAHHA.Mas é verdade..a Sam aprontou demais,é díficil né? :(

Aiii aiii..essa história é tãaaao linda e parece tãaaao real :)


beiiiiijinhos!

ONG ALERTA disse...

Se sentir sozinha num momento de raiva é duro...mas viu qye seu coraçáo esta apaixonado...
Beijo Lisette.

Thaís. disse...

Ando tão ausente daqui. Só passei pra deixar um dengo de saudade.

Volto mais tarde. :*

marciagrega disse...

Passando para conhecer seu cantinho!
Um abraço!

Valéria Sorohan disse...

É, não dá pra aceitar que Samantha tenha sido sincera com diego. Ou foi mesmo?

BeijooO*

Ariana disse...

Confiança é como cristal ne, depois de quebrado nunca mais volta a ser como antes, a Lani esta certa.

Aguardo a continuação!


Beijos

§Anjo§ disse...

Oi Tânia!!!!!!!!!!!!!!! Saudades!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Andas muito ocupada, né?!
Espero que esteja tudo bem!
Acabei de postar a terceira parte do meu Conto: Haziel, passa lá e me diz o que esta achando. Em breve meu cantinho estará completando 01 ano,além de uma mudança completa no visual, farei uma surpresa para os amigos do blog. Aguarde!!!!!!!
Adoro suas visitas...
Beijinhos carinhosos, bye!
Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com

Any Brasil disse...

nossa, muito bom isso de ler
trendluxo.com.br

ONG ALERTA disse...

Sempre se fica com um pé atras...
Beijo Lisette.

Template by:

Free Blog Templates