terça-feira, 15 de novembro de 2011

10º Capítulo - Parte 3

Parte anterior: Samantha desabafa para Diego e conta sobre a conversa que tivera com Lani. Diego procura Lani e os dois discutem. Diego acredita que Samantha está dizendo a verdade e Lani não acredita. Lani percebe que está apaixonada por Diego. Para ler, clique aqui.



            Diego se jogou exausto na varanda de casa.
            Estava sem forças para caminhar até o seu quarto, queria se esconder, esmurrar qualquer parede e tentar se livrar da dor que agora também fazia morada em seu peito, no entanto tudo que conseguira fora se jogar na cadeira de balanço.
            As imagens de Samantha e Lani chorando não lhe saiam da cabeça. Samantha completamente desesperada e Lani tão sensível, chorando baixinho na praia. De repente essas imagens eram substituídas pelos gritos de Lani, pela sua expressão de raiva e pelos seus passos deixados na areia.
            Estava péssimo.
            Uma lágrima ameaçava escapar pelos olhos, mas estava tão cansado que, envolto pelas lembranças, acabou adormecendo ali mesmo.
            _Diego?
            Ele pulou da cadeira assustado.
            Michele o olhava sorrindo.
            Diego passou as mãos pelos olhos apressado e então percebeu que o céu estava escuro e já era noite.
            _Não queria te acordar, mas lembra? Combinou que me ajudaria com geografia, tenho prova amanhã.
            _Prova? – Diego perguntou ainda tentando se lembrar de tudo que havia acontecido em sua vida nas últimas horas.
            Ao se lembrar da conversa com Samantha e da briga com Lani, sentiu o peito apertar.
            _É. Lembra que fiquei devendo geografia no ano passado? A minha prova para recuperar a nota é amanhã. Você disse que poderia me ajudar.
            _Eu sei geografia? – Diego perguntou brincando.
            Michele riu:
            _Parece que sim. Mas você não me parece muito bem, se não quiser me ajudar eu vou entender.
            Diego ficou de pé, sentia a cabeça girar e o seu coração parecia sangrar. Como poderia ajudar Michele com geografia quando Samantha e Lani não saíam da sua cabeça?
            _Não, não. Combinado não custa caro não é? Só não sei se vou conseguir te ajudar muito.
            _Ah, Diego, você é um aluno muito rebelde e por pouco repete o ano passado, mas sua melhor nota foi em geografia e você adorava. Disso eu me lembro bem!
            Ele sorriu. Michele tinha toda razão.
            Começaram então a estudar.
            Ao contrário do que Diego pensava, o tempo passou voando e quando ele percebeu já haviam terminado.
            _Esse estudo me deu uma terrível fome. – Diego reclamou. – Nem acredito que passei a minha noite de sexta-feira estudando com você, não fazia isso nem quando estava prestes a repetir o ano.
            Michele riu.
            _O que não fazemos pelos amigos né? Se serve de consolo, a noite está apenas começando. – Ela disse olhando no relógio. – E eu também estou morrendo de fome. Podíamos ir comer alguma coisa.
            _Não, prefiro não sair hoje.
            Michele o olhou decepcionada.
            _Mas pode lanchar comigo aqui em casa. Pode ser? – Ele perguntou tentando se animar.
            _Não sei se a ideia é muito boa. Os seus pais já foram dormir e não sei se tenho coragem de comer o lanche feito por você. – Michele disse piscando para ele.
            Diego riu e pegou seu telefone:
            _Você não estava achando que eu faria o lanche, né?
            _É... Confesso que viajei legal aqui.
            Diego pediu o lanche e os dois se sentaram no sofá enquanto esperavam.
            _E então? – Michele perguntou – O que aconteceu com você hoje? Não estou te reconhecendo.
            Diego forçou um sorriso. Tudo o que mais queria era esquecer o dia que tivera.
            _Vamos falar sobre alguma coisa legal? – Ele pediu.
            Michele concordou e então começaram a conversar sobre música, passando em seguida para jogos e piadas.
            Quando se deram conta estavam chorando de tanto rir.
            _Você tem as piores piadas do mundo, Diego! Por favor, não as conte para mais ninguém! – Michele disse gargalhando.
            _Como se as suas fossem muito boa! – Diego disse parando de rir, Michele fez o mesmo.
            _São melhores que as suas, muito melhores!
            Diego concordou e os dois ficaram em silêncio.
            Foi então que percebeu o quão próximo estava dela e antes que pudesse se lembrar de Lani, Michele se aproximou ainda mais dele.
            Podia ouvir o coração dela, que batia calmamente e seu corpo lhe causou arrepios.
            O beijo foi inevitável e em seguida logo vieram outros.
            Diego sequer conseguia pensar, tudo que ele queria era esquecer os problemas.
            Pararam para respirar.
            _Você é demais, Diego. Café com leite é perfeito né? – Michele disse com a respiração curta.
            Antes que Diego pudesse pensar em alguma coisa a campainha tocou.
            _O lanche. – Foi a única coisa que ele conseguiu dizer.
            A imagem de Lani invadiu sua mente e então ele pulou do sofá.
            _Vou pegar o lanche. – Diego disse saindo apressado da casa.
            Recebeu, pagou, mas não voltou.
            Sentia-se terrivelmente culpado.
            Como pudera se esquecer de Lani? Como pudera fazer aquilo com ela?
            Escondeu o rosto entre as mãos e sentiu os olhos se encherem de lágrimas.
            Ouviu os passos de Michele se aproximando e então ela tirou as mãos dele do rosto.
            _ O que houve, gatinho? – Ela perguntou sem compreender.
            _Já passou da hora de você ir embora, Michele. – Ele disse seco.
            _Ei? – Ela o segurou pelo braço. – Tem certeza que não quer continuar?
            Ela perguntou sentando em seu colo.
            Diego a empurrou com raiva. Não sabia que Michele era tão atirada.
            _Eu estou comprometido, Michele! Que droga!
            Michele se afastou ainda mais:
            _Como? Comprometido? Com quem? E por que ninguém sabe?
            Diego respirou fundo sem saber o que dizer, talvez houvesse falado demais.
            _Não é Samantha, é?
            Diego continuou em silêncio.
            _Meu Deus! É claro! É lógico... É a Lani! É por isso que ninguém sabe. – Michele começou a rir. – Você e Lani! Você e eu! Puxa, que engraçado!
            _Não vejo graça em nada disso.
            Michele sentou perto dele.
            _Desculpa, Diego. Se tivesse me dito que estava com ela, isso jamais aconteceria. Eu não podia adivinhar.
            Diego a olhou triste:
            _ A culpa é toda minha. Que droga! Já não basta ter brigado com ela hoje à tarde.
            _Gostei de ficar com você, é uma pena que isso não possa se repetir mais vezes. Agora tenho que ir.
            Michele caminhou para dentro da casa, pegou sua bolsa e voltou alguns minutos depois.
            _Acho que formaríamos um ótimo casal, Diego. Nunca havia pensado em nós dois, sabe como é né? Você é branco demais... Mas gostei da combinação. E se quiser tentar, sabe onde me encontrar.
            Sem esperar pela resposta, Michele se afastou.
            Diego voltou a esconder o rosto entre as mãos.
            Como conseguiria olhar agora para Lani? Tinha sido infiel, mesmo a amando... Como ela acreditaria em seu amor?
            Havia acabado com a remota possibilidade de ainda ficarem juntos.

Continua  

-----------------------------------

Para quem não se lembra de Michele, ela é do grupo de Samantha e muito amiga de Diego. Relembre aqui.


25 escreveram:

Tay disse...

OMG' acho que a Lani não perdoaria o Diego depois dessa D:
bjus ;*

Renata Diniz disse...

Tânia. Que bom que você voltou a publicar. E tocou num assunto delicado, a infidelidade. Quero ver como ficará a situação de Diego. Ótimo feriado e beijos!

Leidiane disse...

Meu Deus, quem diria.. Diego vacilou.
Tô entindo que isso vai dar confusões futuras!
Bjos ;*

Machado de Carlos disse...

Sempre uma emoção ao ler você!
Fico aqui contemplando várias frases perfeitas e com vocábulos de primeira linha!
Continue assim, escrevendo sempre coisas belas!
Grande Abraço!

Bandys disse...

Tania minha linda,
Vou voltar pra ler.

Deixo um beijo no seu ♥

Andressa P. Cruz disse...

Esse diego é um fdp mesmo, como que pdoe fazer uma coisa dessas. Até eu fiquei com raiva, e olha que é só fic hen kkkk
beijos flor

Luciana De La Vega disse...

Puxa eu gostei!
Vou ler os capítulos anteriores. Muito legal.

Beijokas,
http://loiradecorderosa.blogspot.com/

Brenda Santos disse...

Nossa será que vai rolar algo entre eles?!


Beijos
@tudodmenina
http://tudodmenina.blogspot.com

Vera Lúcia disse...

Olá Tânia,
Fato novo, né? Muito bom o capítulo.
Tenha uma ótima noite e um domingo maravilhoso.
Beijos.

Rebeca Postigo disse...

Curiosa pra saber o que vai acontecer!!!

Bjs

§Anjo§ disse...

Olá Tânia! Que reviravolta!!!! Esse Diego é bem danadinho! rsrsrsrs
Acho que a Lani não vai perdoar!
Saudades de vc!!!!

Meu cantinho esta comemorando 01 ano! Estou realizando o sorteio de uma lembrança e também tem selinho comemorativo, não deixe de passar lá e participar. Sua presença é muito importante e especial!
Mil beijinhos
Bye bye
Anita do diarios-do-anjo.blogspot.com

Carolina Hermanas disse...

AH DI,SEU TRAIRA,PORQUE FEZ ISSSSOOOOO? D:
HAUAHAUAHUAHAUHAUAHAUAHU. estou completamente dentro da história *___*
Sério...essa história está cada vez mais forte e linda <3

Saudades daqui *_*


beeijão xD

Ricardo Miñana disse...

Hola Tania, escribes inquietante,
gracias por compartir.
un abrazo.

Marcos de Sousa disse...

Não imaginava que o Diego faria isso. Mas é a vida... Duvido que a Lani o perdoe.

Beijos

Ariana disse...

Eu no lugar da Lani não iria perdoar o Diego,
linda história flor, aguardo a continuação!

Beijos

Any Brasil disse...

nossa adorei o assunto, queroa companahr o fim disso
trendluxo.com.br

ONG ALERTA disse...

Ando desatualidade na história volta para faze-lo, beijo Lisette.

Andressa P. Cruz disse...

Ah não, demorar não, coisa rápida, só pra mudar a cara e título do blog, enjuei um pouco, e agora que to tirando teias do blog, acho que ele merece uma reforminha neh ? ahsuahhusa
beijso flor, posta logo que eu quero saber o desenrolar da história!

Machado de Carlos disse...

Um belo romance rico em detalhes. Como é bom ler você, sentir em cada palavra riqueza de sentimentos.
Parabenizo-a por este belíssimo trabalho!
Abraços!

Brenda Santos disse...

Nossa nunca poderia imaginar que Diogo faria isso, o que será que Lani vai fazer?

Beijos
@tudodmenina
http://tudodmenina.blogspot.com

Camila disse...

Há muito tempo não venho aqui.. gostei muito dessa parte .
obs:se tiver twitter me segue lá(@camilacolossi)

Bjoos

Caroline disse...

Abandonei esse cantinho maravilhoso por conta da facul, estágio... fiquei perdida na história!!! aouhaouh... É fogo, mas todo final de periodo é isso!!!!
Bom começo de semana!!!
Bjuus
Saudades daki

Vera Lúcia disse...

Olá querida,
Passei para deixar-lhe um beijo.
Não vejo Diego como um traidor. O procedimento dele foi apenas circunstancial, ocasionado, talvez, pelo seu estado emocional e pela proximidade de Michele,que desconhecia o envolvimento dele com Lani.
Aguardemos os próximos acontecimentos.
Beijos.

Bandys disse...

Taninha,
Perdoa sua amiga.
Completamente sem tempo,
Fiz 3 viagens só esse mês.
Mas deixar de vim aqui, jamais.

Um beijo enorme.

Rogerio Rinaldi e Glorinha Rinaldi disse...

Adoramos o seu blog,é maravilhoso e sempre estamos por aqui conferindo todas as novidades.
Super beijos da Glorinha.
Para ajudar o seu blog,clicamos no +1
http://sobrincosvendas.blogspot.com

Template by:

Free Blog Templates