sábado, 20 de novembro de 2010

Se a amizade for verdadeira ...


Para melhor entendimento, leia AQUI!!!


_Como assim? O que você está falando?-Perguntei sem conseguir acreditar no que tinha acabado de ouvir.
_Isso mesmo, Mary.
_Mas Daisy... Como não vai haver mais casamento? Vocês dois tinham tanta certeza do que queriam!
Daisy riu triste:
_Fomos dois idiotas. Como poderíamos ser felizes no casamento se o nosso namoro não estava dando certo? A verdade é que estávamos enchergando o casamento como uma solução para não terminarmos o namoro, mas as coisas não funcionam assim! Não pode ser assim!
Ela tinha toda razão.
_Mas vocês estavam felizes... Eu não consigo entender.
_Brigávamos demais, Mary. Tudo era motivo para briga, ele queria casar de dia na praia e eu queria um casamento mais tradicional na igreja. O pior de tudo é que nenhum de nós dois cedia! A gente queria e ponto.
Eu olhei para ela triste.
_Tudo isso é conversado, Daisy. Eu acho que vocês não fizeram certo em cancelar o casamento.
_Mary, fizemos sim. Da última vez que brigamos foi feio, terrível! Ele teve coragem de dizer na minha cara que eu não era a mulher dos sonhos dele e que ele não seria capaz de passar o resto dos seus dias ao meu lado.
_Ele disse isso?-Parecia mentira.
_Disse. E sabe o que fez depois? Ao ver as minhas lágrimas ele fugiu feito um idiota, desapareceu por uma semana. Não deu satisfações, não disse nada. Uma semana desaparecido!
_E depois?
_Quando ele apareceu fomos conversar, eu perguntei onde ele estava e por que não tinha me dito que ia viajar, sabe o que ele disse? Que não tinha que me dar satisfações, pois não iria mais se casar comigo!Ele foi ridículo! Ele disse assim sem se preocupar com os meus sentimentos! E pior... Ele fugiu quando deveria ter ficado e conversado comigo! É isso que ele vai fazer toda vez que surgir um problema e eu chorar? Vai fugir feito um covarde?
Passei a mão na cabeça.
_Eu sinto muito, Daisy.
_Não sinta. Eu estou feliz, foi melhor assim! Não viveríamos nem um mês juntos! O que me deixa triste é a nossa amizade.
_Acabou?
Ela respirou fundo:
_Desde que devolvi a aliança não o vi mais, nem nos falamos.
_Não se preocupe, Daisy, se a amizade for verdadeira Deus não vai deixar se acabar.
Ela sorriu pra mim:
_Tomara que você tenha razão, Mary. Não quero deixar de ser amiga dele, uma amizade que começou na infância não pode acabar assim! Ah, se eu pudesse voltar no tempo... Não ficaria com ele e tudo estaria resolvido agora.
_As coisas não são bem assim, Daisy. Nada é por acaso, com certeza tem um bom motivo para isso ter acontecido.
Ela riu triste.
_É, talvez.Mas e você, Mary? Triste pelo fim do relacionamento com Eduardo?
Suspirei e olhei para elas sem saber qual resposta dar.
_Estou com raiva.-fui sincera.-Edu me decepcionou, eu esperava mais dele! Ele tinha me prometido que nunca me deixaria e olha só, me deixou no primeiro problema que apareceu.
Angélica me olhou séria:
_Mas ele não entendeu que você não tinha escolhas?Ele foi um covarde, se você pudesse escolher entre ficar e ir embora talvez ele tivesse razão. Mas você não tinha escolhas!
Fiquei calada.
Angélica me olhou surpresa:
_Você tinha escolhas, Mary?
_Na verdade, eu tinha... –disse abaixando envergonhada os olhos.
_Como assim? Essa parte você não contou! Pode ir contanto tudinho!-Daisy disse em tom de brincadeira mas falando sério.
Respirei fundo.
Deveria contar ou não da gravação? Seria certo?

                                                                                              Continua

33 escreveram:

Valéria Sorohan disse...

Acho que Mary tem que botar uma pedra nesse assunto e bola pra frente.

BeijooO'

Cogu Cogumelo disse...

Quantas reviravoltas!!! E cada uma delas nos deixa surpreendidos.

Sua história é uma verdadeira novela da vida real, com personagens que parece que conhecemos pessoalmente, todos com suas fraquezas e pontos fortes.

Um bom final de semana para você, menina Tania Tamires. Abraços.

Larissa disse...

Não vale a pena ser como a Gláucia, só para não sermos tão prejudicadas, apesar de que, ela bem que merecia. Mas não um segredo como esse. E esses homens dessa história são todos bundões. haha Acho que a Mary devia ficar sozinha, porque é muito melhor, até aparecer um homem de verdade.
Até parece que essa história é real. Aguardo ansiosa demais para ler a continuação. rs

Beijos.

Aline; disse...

aah, obrigada!
tenha um ótimo final de semana você também Tania! *.*

- beijos!

P.S. tô adorando ler as suas estórias! *.*

Meri Pellens disse...

Se eu fosse editora, publicaria essa história.
Beijo e bom fim de semana!

paraiso disse...

Nossa, contar da gravação seria se abrir totalmente ao contar a história, mas era justo que elas soubessem a verdade, uma escolha difícil hein..

beijão.

ઇઉ Nárgela Bueno ઇઉ disse...

gostei muito da historia e pode ter certeza que voltarei pra ver o fninal.alias vou te seguir ok

bjks

Andressa P. Cruz disse...

=0
OMG
claro que deveria contar, as amigas sempre entendem, e elas entenderiam que a escolha de Mary era a das melhores! Talvez Mary devesse até mostrar a gravação a elas!
xD
Ótima a história, não deixe terminar ahsuahusha
Beijão =*

Buba. disse...

Ahh, sinceramente não sei o que eu faria se estivesse no lugar da Mary, em relação a gravação..

Desabafando disse...

Ah se ela confia nessas amigas deve sim contar o que aconteceu...mas to curiosa pra saber que aconteceu com o Eduardo e o André..rsrsrs..

Marcos de Sousa disse...

Gostando da história...

Às vezes o fim de um relacionamento é necessário para que a felicidade volte a dar as caras.

Beijos

мαясєllα Ϟ disse...

nossa!!!
agora fiquei confusa..será q vai de André ou Edu???
A hist esta cada vez mais interessante!

beijos**

www.marcellagiroldo.com

May Wanderley disse...

amooow... descupa a demora de comentar aqui no seu blog ta é que minha vida ta muuuito corrida, mas sempre que posso atualizo-me ao menos na historia ^^
Tou amando cada vez maiis... curiosa p saber se ela vai contar e se as AMIGAS a apoiarão despois q souberem :S
Bju

Tânia disse...

Conta, conta!
A Glaucia que se exploda.. kkkkkkkkkk'
Jah falei que adoro isso aqui??
Jah neh ¬¬' .. rs'
CADA DIA MELHOR. (;
beeijos.

Maria Lúcia disse...

Oi
Deixe a gravação pra lá.
Estou vendo que tudo vai
dar certo pra Mary.
Espero por novas
emoções.
Beijos...
Lúcia

dear sarah disse...

Ótima semana querida, beijinhos!

Michele disse...

Deveria contar, sim! Às vezes, compartilhar um segredo pode ajudar a lidar com o peso dele!

Beijos, querida!
Boa semana!

Aline; disse...

acho que todas nós esperamos coisas assim! *.*
pelo menos eu também espero!
;D


beeijo Tania!

Thiara Ribeiro disse...

Claro que deve contar. São suas melhores amigas!

^^

João52 disse...

Oi Amiga... É sempre bom saber que alguém se identica com o que escrevemos e que o escrevemos faz alguém sentir-se um pouco mais aliviado da sua dor...

Eu gosto de transmitir o que sinto em pequenas palavras... só assim consigo que a pessoa que amo as sinta pois pra ela eu nem existia...

Quanto ao seu post... adorei, sua história cada vez está mais alucinante... acho que Mary deveria contar prás amigas o porque de ter optado por "fugir"...
mesmo sabendo que é um segredo que só a ela foi confidencialisado...

Saudações poéticas...

Bandys disse...

Dificil saber, mas talvez contar fosse melhor.

Sua história esta cada vez emocionante,

adoro!

Beijos meus

Heat disse...

Rá, andei sumida mas voltei e me atualizei.

Olha, se ela resolveu dar uma chance pra menina se resolver, a Glaucia, que ela se resolva, pq senao vira novela mexicana, a mocinha e a vilãzinha... a sua históra tá mto legal, nao deixa cair nisso não!!

Andressa P. Cruz disse...

Na verdade não, são apenas pequenos trechos ocultos de algumas mentiras.
beijos

Leidiane disse...

Agora elas são as únicas amigas que restaram ela deve sim diminuir o peso dos problemas..
Bjos ;*

Aline; disse...

aaah, que bom que se sente a vontade lá comigo!
também gosto muuito de ficar aqui contigo!
;D

beeijo garota!
:*

Marcos de Sousa disse...

É sempre bom manter a porta aberta.

Quando você continuará a história?

Beijos

Vanessa Sagossi disse...

I, agora as meninas vão concordar com o Eduardo.
Eu ainda estou com a pulga atrás da orelha com a historinha da Glaucia.

Beijos,
Vanessa Sagossi
comentandoofilme.blogspot.com

A.S. disse...

Tânia... continuo preso na tua bela narrativa!...

Beijos, querida!
AL

Bandys disse...

Tania,
Tinha certeza que eu tinha comentado...rss Acho que estou ficando velha.

Estou torcendo pra tudo dar certo pra Mary.
Beijos

PS: ve se meu comentário não se perdeu por aí.

Jééh disse...

Vamos lá Mary, a não há nada como ser sincera com as amigas ^^.

Blog Se o Mudo Falasse disse...

Ancioso para continuação!

Menina Maluquinha disse...

belo diálogo!

Drizana Ribeiro disse...

Conta!!
Quem sabe elas não te ajudam ?
As amigas são pra isso mesmo. Nas horas mais difíceis elas aparecem e conseguem de alguma forma tornar tudo melhor !
bjs, Dri!

Template by:

Free Blog Templates