domingo, 25 de dezembro de 2011

11º Capítulo - Parte 2

Parte anterior: Michele e Diego se beijam. Michele deixa para Diego duas opções: Contar para Lani que a traiu ou terminar o seu relacionamento com Lani, ocultando a verdade. Para ler, clique AQUI.



            Lani caminhou contando os passos até a casa de Diego.
            Estava com medo, sabia que não havia sido muito legal na sexta e procurava ainda as palavras certas para dizer a ele.
            Estava no meio do caminho quando alguém tocou o seu ombro, se virou assustada.
            _Fui até a praia te procurar. – Ele disse sério, não parecia bem.
            Lani olhou triste para Diego.
            Então ele a tinha procurado novamente, ele sempre fazia, não importava o quanto estava errada.
            Gostava dele, aquilo se tornava a cada segundo mais certo.
            _Estava indo até sua casa. – Lani disse tentando mostrar a ele que estava arrependida. Diego não pareceu notar.
            _Precisamos conversar.
            Era claro que precisavam. Lani pensou decepcionada.
            _Na praia? – Ela perguntou.
            Diego parecia incompleto. Andava como se não estivesse em seu próprio corpo, o tempo inteiro olhando para o chão, se arrastando.
            Lani não podia entender o que estava acontecendo, mas tinha medo.
            Talvez por isso o chamara para ir até a praia.
            Aquele era o lugar mágico, já haviam brigado e feito às pazes lá. Talvez fosse feito para os dois.
            Lani se sentou na areia, Diego apenas repetiu o seu gesto.
            O mar estava agitado, como se estivesse incomodado com alguma coisa, talvez não quisesse que os dois estivessem ali, pensou ela.
            O sol estava avermelhado e estava prestes a ir embora.
            Logo a noite chegaria, mas talvez as estrelas não viessem com ela.
            Lani respirou fundo, parecia estar tudo errado.
            Diego não conseguia olhar para ela, sentia suas mãos suarem e tremerem. Iria fazer a última coisa que gostaria de fazer com Lani.
            Tudo o que mais queria era estar com ela, por isso tinha medo de olhá-la. Tinha medo de não ser capaz de faze o que deveria ser feito.
            _Quero te pedir desculpas, Diego. Não agi certo na sexta-feira, talvez você tenha razão sobre Samantha.
            A voz suave de Lani chegou até os ouvidos dele, o coração pedia para que olhasse para ela. Mas não tinha forças, então continuou com a cabeça baixa, olhando para a areia, para o nada.
            _Da outra vez, quando nos desentendemos, você cantou pra mim. Agora é minha vez. Sei que agi errado, deveria ter olhado melhor o seu lado, e só porque estava decepcionada não tinha o direito de brigar com você.
            Diego permanecia calado.
            A única coisa que sabia é que precisava acabar logo com tudo aquilo.
            _ “Quando você diz que vai embora só pra chamar minha atenção, sabe meu coração? Ta perto de você. Quando digo que eu to em crise e já não tem mais nada a ver, sabe meu coração? Ta longe de te esquecer. Pare e pense um pouco que pra gente a chama ainda está acesa, o jogo não acabou e de repente as cartas continuam sobre a mesa. Mas o tempo ta querendo um tempo pra arrumar as coisas do seu jeito, a gente só precisa de bom senso e tirar a mágoa aqui dentro do peito. Meu coração pergunta o que é que eu fiz, eu já não sei ficar tão infeliz. Qual é o amor que vive por um triz? Se eu errei, não foi porque eu quis”. ¹
            A música de Lani chegava aos seus ouvidos e lhe procurava arrepios.
            Um nó em sua garganta lhe impedia de respirar e os seus olhos queimavam.
            Diego sabia que era a primeira vez que Lani cantava para alguém depois da morte de Gabriel, ele sabia o quanto aquilo era importante para ela, por isso sentia o coração doer.
            Teve vontade de contar a verdade, dizer que havia ficado com Michele e contar o que ela estava tramando. Talvez Lani entendesse tudo.
            Diego ergueu a cabeça e a olhou pensativo, ela o olhava com os olhos brilhando, estava emocionada e cantava para ele. Diante daquela cena, ele entendeu que Lani não o perdoaria. Se fosse o contrário, provavelmente ele não a perdoaria. Pensou desesperado.
            Lani terminou a música um pouco decepcionada, esperava que enquanto estivesse cantando Diego a abraçasse e dissesse que estava tudo bem, mas ele continuava parado ao seu lado e estava novamente com a cabeça baixa.
            Ela já não sabia o que dizer. Se pelo menos pudesse ler os pensamentos dele e entender o que se passava em sua cabeça. Mas não podia, e agora tudo parecia perdido. Podia ver Diego escorregando das suas mãos, e ela não podia fazer nada para impedir.
            Diego se sentiu um covarde ao lado de Lani, não estava sendo correto deixá-la fazer tudo aquilo se sabia que não poderia ficar com ela. Tudo que queria era dizer que estava apaixonado por ela e que ficaria tudo bem.
            _Diego... Não vai dizer nada? – Lani perguntou tentando manter a voz segura.
            _Estou feliz que esteja cantando novamente. – Disse com a voz seca, sem sequer olha-la.
            Ela podia sentir o coração sangrar. Diego então ficou de pé e sem esperar nem mais um segundo disse rápido:
            _Eu não posso mais... – Disse ainda olhando para o chão. Não tinha coragem de ver a tristeza nos olhos de Lani, tinha medo que ela visse em seus olhos o quanto ele a amava.
            Lani não conseguia compreender. Esperou que ele terminasse.
            _Eu não posso mais ficar com você, Lani. A nossa história foi linda, mas acho que o melhor é o fim.
            _ Como assim? Você está terminando comigo, Diego? – Lani perguntou com os olhos cheios de lágrimas.
            _Você merece alguém melhor.
            Lani gargalhou alto com raiva:
            _É? Então você vem até aqui terminar tudo comigo e me da essa desculpa clichê? Eu sou boa demais pra você, mereço alguém melhor! É isso que vocês dizem para todas as garotas não é? Achou que isso iria colar? – Lani tentava não gritar.
            _Mas é a verdade.
            Lani ficou parada, as lágrimas correndo pela sua face, olhava decepcionada para Diego, que continuava de cabeça baixa, as mãos tremendo.
            _Com o tempo você vai entender Lani, só é preciso paciência.
            Lani já não dizia nada.
            Diego ergueu a cabeça, precisava vê-la.
            _Desculpa. – ele pediu a olhando pela primeira vez desde então.
            Ela o olhava, quieta, decepcionada.
            _Eu esperava mais de você, Diego. Não conseguiu nem arrumar uma desculpa pra terminar tudo comigo. Se não gosta de mim, era só dizer, eu iria entender melhor.
            Lani esperou que ele negasse o que ela havia dito, no entanto ele continuou calado.
            Sem pensar duas vezes ela se virou e correu para sua casa.
            Estava desistindo.
            Diante de uma desculpa esfarrapada, diante da desistência dele não tivera forças para tentar convencê-lo que ainda podiam ser felizes, não tivera forças para dizer que o amava.
            Diante da desistência dele, também estava desistindo.


Continua


              ¹ E agora nós - Ivete Sangalo e Sorriso Maroto
---------------------------------------------------------------

Oiii, pessoal!

Clima natalino bom né? Adoro natal, ano novo.. Minha época do ano preferida! (:
Pra vocês um EXCELENTE NATAL!!! Que as bençãos do Senhor estejam sobre cada um de vocês!!! o/


Comentem sobre essa nova parte, ok? 


Um super beeeijo e um supeeer natal! 


27 escreveram:

Tay disse...

Oi flor, adorei o capítulo, mas acho que Diego deveria ter contado a verdade.
Feliz Natal :)
bjus ;*

ONG ALERTA disse...

Um feliz natal beijo Lisette.

Camila Mancio. disse...

SEU BLOG É REALMENTE LINDO, SÉRIO.
TO AMANDO VISITAR AQUI.
BEIJOS E SUCESSO
FELIZ ANO NOVO PRA VCS.

http://tepegonamoita.blogspot.com/

bandys disse...

Taninha,
To viajando!
Sò pra deseja um super ano novo.
Ano que vem vou ser mais assidua nas leituras.rsrs

Obrigado prla companhia , amiga.

Beijos

Rafael Castellar das Neves disse...

Caramba, que legal, é um livro!!

Não tinha pensado em publicar desta forma...está gostando?

[]s

Debbys disse...

gente, mas aconteceram tantas coisas enquanto eu estava fora hein! ahUAUAAUUA... não consigo entender cm ele beijou a outra se ama tanto a lani.. sei lá, nem sei o q faria no lugar deles.. hehehe..
bjus e feliz natal! =]

larissa disse...

O Diego poderia ter sido mais verdadeiro com a Lani. Podia ter contado tudo. Seria o namorado perfeito, sincero, apesar da traição. Uma pena não ter dado certo. Mas espero ansiosa o próximo capítulo.

Beijos.

Vera Lúcia disse...

Olá Tânia,
Muito bem escrito. Parabéns!
Creio que Diego escolheu a pior opção
oferecida por Michele. Teria sido mais correto ele contar a verdade e deixar a decisão nas mãos de Lani.
Doeria menos para ambos.

Aproveite bem o restinho de 2011!

Beijos.

Laiali Safa disse...

Oioi, seu blog é lindo e já estou seguindo, adorei o post. Quer dar uma olhadinha no meu?
http://laialisafa.blogspot.com/
Se gostar, segue por favor?
Obrigada *-*

Bejus

Brenda Santos disse...

Nossa ele foi muito fraco. Obrigada pela dica flor, vou seguir pode deixar. Feliz 2012, muita paz, saúde e sucesso!
Tem sorteio lá no blog flor...

Beijos
@tudodmenina
http://tudodmenina.blogspot.com/p/sorteios.html

ONG ALERTA disse...

Um ano novo repleto de paz, beijo Lisette!!!

Marcos de Sousa disse...

Acho que ele deveria ter contado a verdade para ela.

amarallis disse...

Um super 2012 com muitas historias lindas!! Beijos!!

Karina sousa ♥ disse...

Que pena que Diego não foi sincero com Lani.
Olha a história tá cada vez melhor!
Beiiiijooooo

Vanessa Sagossi disse...

Ah, mas como essa história está ficando triste. Ah, a Lani.
Mas esse Diego, fala sério, o que ele está pensando?

Beijos,
Vanessa Sagossi
comentandoofilme.blogspot.com

Maria Lúcia disse...

Oi
Quando eu olho o seu blog
com histórias nova.
Eu tenho que ler desde o começo
pra saber tudinho dessa linda
história.
Tudo de bom pra vc neste ano de 2o12.
Beijos...
Lúcia

Arianne Carla disse...

Ahh! Que saudade dessa Lani e sua história. Vejo que muitas águas rolaram por aqui, enfim... Ele deveria ter contado a verdade... Mas sempre queremos isso, na real, nunca conseguimos. É triste ver um relacionamento 'acabar' assim... Espero que tudo se resolva, gosto muito da Lani.

Um beijo, Tania.

Rebeca Postigo disse...

Esperando a continuação...

Bjs

Andressa Pereira disse...

Taaaniaa, atualiza que eu quero mt saber o fim da história *_*

Carolina Hermanas disse...

Que capítulo triste :/
Deu pra sentir o desespero dele nos pensamentos...e na voz dele :(
Isso não é legal sabia?Eu chorei lendo,ahahahahahahhaa.Enfim..eu quero mais *O*


Beeijão <3

Ariana disse...

Ele podia ter sido mais sincero com ela ne!
To adorando a história, aguardo a continuação.

Beijos

Solange Maia disse...

ele vai ficar aprisionado às suas escolhas...

adoro !
beijinhos....

Patrícia N. disse...

tem selo pra você no meu blog :DDD http://www.complicatedimperfect.blogspot.com/2012/01/selo.html

Thaís. disse...

Já disse como odeio perder a sequência da história? Indisciplinada, eu sou. Mas aposto como deve estar bombando! :*

patyemo disse...

Nossa, quanto tempo que eu não venho aqui né? Tenho que me atualizar com a história... rsrs


PS:tem um meme p/ vc lá no meu blog :)
perdidanosuburbio.blogspot.com

Ana Carolina disse...

tudo muito belo por aqui *-*

beijo querida

larissa disse...

Você sumiu mesmo. Uma pena. Faz falta.
Estou de cantinho novo e aguardo sua presença.
http://cincoeseis.blogspot.com/
Um beijo.

Template by:

Free Blog Templates