segunda-feira, 21 de março de 2011

4º Capítulo - Parte 4

Post anterior: Lani relembra o dia da morte de Gabriel. Para ler AQUI!


            Na festa...
Depois de muito dançar, Samantha caminhou para a mesa e se sentou.
Matheus a olhou triste, Samantha retribuiu o olhar e os dois ficaram se olhando em silêncio, até que ela, tomando coragem, disse:
_Por que eu não estou feliz? Eu danço, pulo, canto, converso com pessoas que gosto, mas nada disso tira o vazio e a dor que arde dentro de mim agora.
_Não foi certo o que você fez com Lani. Você sabe disso, não é Sam?
Ela respirou fundo, Matheus concluiu:
_Se fosse certo, você estaria bem agora. Mas você não está.
_Não importa o que eu faça, nada vai trazer Nino de volta e só agora eu me dei conta disso. – Ela colocou as duas mãos na testa triste. -Ele faz tanta falta, tanta falta.
Matheus a olhou calado, não sabia o que dizer.
_Eu fiquei me escondendo... – Samantha disse balançando a cabeça. - Me escondendo atrás da raiva que eu sentia por Lani, culpando-a... Era tão mais fácil! Tão mais fácil acreditar que a culpa era de alguém. Tão mais fácil acreditar que a culpa não era minha.
_Mas a culpa não é sua!- Matheus disse pegando em sua mão. – Sam, você errou. Trair não é certo, não foi justo. No entanto, muitos outros caras já foram traídos e nem por isso eles morreram.
Uma lágrima caiu timidamente dos olhos de Samantha.
_Era pra ter acontecido. Quando chega o momento nada pode impedir. -Matheus disse.
_Se eu não tivesse...
_Para! – Matheus apertou sua mão. –Isso passou, Sam!
_Eu joguei toda minha raiva em cima de Lani e agora a dor é mais forte.
_Você não pode ficar culpando Lani. Não é justo.
_Eu sei. Mas eu também não consigo esquecer o que ela fez. Eu estava errada, mas ela não podia ter levado Nino lá... Não podia.
_Ela também o amava.
_Eu cansei, Matheus... Cansei de fingir que não dói. Cansei de tudo, de tudo...
Samantha escondeu o rosto entre as mãos.
_Eu já não suporto a dor e não importa o que eu faça, ela não vai passar.
Matheus já não sabia o que dizer ou o que fazer. Foi quando teve uma ideia:
_Uma estrela cadente! Faça um pedido! – A estrela cadente não era bem verdade, aliás, não era nada verdade. Mas Samantha não precisava saber disso, ele precisava fazer alguma coisa para vê-la bem de novo.
Ela ergueu o rosto alegre e fechando os olhos, cruzou os dedos. Depois de alguns segundos abriu os olhos e o olhou sorrindo.
_O que você pediu? – Matheus perguntou curioso.
Samantha riu:
_Se eu te contar não vai se realizar.
_Para Sam, conta logo! Não tem nada disso.
_Ah é? Pois então me conta qual foi o seu pedido.
Ele a olhou sério:
_Você.
Samantha o olhou surpresa e depois de alguns segundos começou a rir:
_Você sempre cheio de piadas! – Ela ficou de pé e o puxou pelo braço. - Vem, vamos dançar!
_Sam... Você sabe que eu não sei dançar!
_Pois então você vai aprender agora! – Ela disse rindo e então o arrastou para junto do restante do pessoal que dançava.
Diego observava quieto de longe.
Ao ver que Samantha e Matheus dançavam, ele ficou de pé e decidido foi embora para casa.
Assim que a música acabou, Samantha voltou rindo para a mesa:
_Matheus, você não existe! Só você mesmo para me fazer sorrir quando eu estou tão pra baixo.
Matheus sorriu encantado.
_Ei! – Ela disse olhando em volta. - Onde está Diego? Não o vejo...
O sorriso de Matheus morreu em seus lábios.
_Acho que ele foi embora. – disse triste.
Samantha olhou triste ao redor e depois de alguns segundos disse:
_Já deu por hoje né?- Ela pegou sua bolsa. - Vou para casa.
Despediu se dele com um abraço e se afastou sem olhar para trás.
Samantha percorreu todo o caminho para sua casa pensando.
Dos olhos lágrimas insistiam em cair e da mente as lembranças de Gabriel não a deixavam em paz.
Entrou em seu quarto e caminhando para a janela aberta olhou para o céu cheio de estrelas:
_Bom seria se a estrela cadente levasse até Deus o meu desejo. Tudo o que eu queria era voltar no tempo... Ah, eu queria que tudo fosse como antes. Eu, Gabriel e Lani. Queria que os três mosqueteiros fossem eternos.
Dos seus olhos uma lágrima caiu e no céu uma estrela brilhou.

Continua 



30 escreveram:

Hely ° disse...

Como você adivinhou? Eu vim aqui ver
se você já tinha postado outra parte
e nada...aí passou uns minutos e de
repente eu vi que você tinha postado,
aí dei um sorriso e vim rapidamente!

Olhaa...você tá me fazendo amolecer
o coração e entender um pouco o lado
da Sam...começar a sentir...um certo
respeito...rsrs

Será que Diego irá atrás de Lani?
Ainn...to esperando a prócima parte!!!

Bjaum flor.*.*.

F@bio Roch@ disse...

Crescente, ardente, envolvente... belissimo amiga!!

Sempre aquí!!

Olha, tenho um presente p/ vc na minha página, alías, é um desafio, confere lá!!

Bjs

Juci Barros disse...

Cada dia melhor!

Beijos.

Tânia disse...

ain ain.. quem nunca quiz voltar no tempo? ='/
beijos, beijos.

Rebeca Postigo disse...

Ansiosa pela continuação...
Quero saber o que vai acontecer...

Bjs

Andressa P. Cruz disse...

Migaaa, foi tão fofinho este post, acho que a Sam vai acabar ficando numa boa com a Lani!
Beijos!

Monique Premazzi disse...

Que capitulo triste e LINDO! Simplesmente achei demais a Samantha caindo em si e percebendo que essa briga com a Lani não vai levar ela a lugar nenhum. Ficou lindo demais e agora mais do que nunca eu quero a continuação. A estrela cadente! [AA]

Posta logo, ein?
Alias, tem meme pra você aqui: http://secretsofalittlegirl.blogspot.com/2011/03/meme-2.html Espero que goste.

Beijinhos :*

Meri Pellens disse...

A cura para muitos males, a solução para muitos problemas se encerram numa única palavrinha: perdão.
Perdoar a si mesmo e o outro é reencontrar a paz e a alegria de viver.
Beijo na alma, Tania...

Juh disse...

Achei que a Samantha fosse se tornar meia vilã da história,mas acho que no fundo ela só precisa se esconder da dor que sente.
A Lani pra esconder a dor fugiu e a Sam tenta culpar outra pessoa,no fundo as duas são boas!
A história tá mt boa!
Bjs

Amapola disse...

Boa tarde.

Estou lhe seguindo e voltarei depois, para ler com mais calma.

Um grande abraço.
Maria Auxiliadora (Amapola)

Tatá disse...

amei a continuação e a imagem, tá linda! *__*

Juuh Nascimento disse...

Nossa até que enfim ela se deu conta, caiu em si,
e percebeu que jogar a culpa na Lani nao diminui as dores dela.
Realmente ninguém tem culpa pela morte dele, as coisas sao como tem que ser, pelo menos eu acredito assim.

Agora eu so espero que um novo triângulo amoroso nao se forme, porque se nao, xii

Tenha uma linda semana flor!
Bjs & abracos!

Leidiane disse...

Lindo, lindo, lindo, lindo, lindo *--*
Que bom q ela reconheceu q errou, q culpar a Lani, não tem nada a ver. Como ela tbém não tem culpa. Amigos são tudo.
E o final ficou fofo.
Bjos ;*

Graça Pereira disse...

Lindo e romântico!
Quando vir uma estrela cadente, vou fazer o meu pedido.
Vou continuar a ler-te!
Beijos
Graça

Duanny!. disse...

ahh, que bonitinho!
HAUAHAUAHAUAHSAU

;)

Vanessa Sagossi disse...

Ahm, parece que a Samantha tem coração!!

Beijos,
Vanessa Sagossi
comentandoofilme.blogspot.com

Valéria Sorohan disse...

Acho que tudo tem o seu tempo. Se Samantha sente raiva, deixe a raiva rolar.
A imagem é linda.

BeijooO*

Debbys disse...

nossa, que fofo.. xD
gostei mesmo!

bjuss

Larissa disse...

Tem hora que eu acho que o Gabriel não morreu nada... Deve ter fugido, assim como a Lani fez. Não sei, tenho lá minhas dúvidas. Mas acredito que haja sempre portas abertas para um novo amor.

Estou ansiosa pela continuação :)
Beijos.

Monique Premazzi disse...

É verdade, ninguém é substituivel quando estamos totalmente apaixonados por aquele alguém. Só conseguimos pensar naquela pessoa, só conseguimos enxergar aquela pessoa e chega a ser irritante.

Esperando nova parte do conto *-*
Beijinhos s2

Rafael Castellar das Neves disse...

hummmm, bom isso, hein? É um livro?

[]s

dear sarah disse...

saudades de ler esses contos gostosos..

beijos linda!

ONG ALERTA disse...

Sim faça um bom pedido para esta estrela cadente...
Beijo Lisette.

Brenda Santos disse...

Flor você está mandando muito bem nessa história, a cada postagem tua agente fica com a pulga atrás da orelha...

Beijos
http://tudodmenina.blogspot.com

Ju Fuzetto disse...

Sempre melhor, a cada dia. beijo linda

Juuh Nascimento disse...

Obrigada flor pela presença de sempre! :)
Tenha uma linda tarde!

Bjs & abraços!

A.S. disse...

Tania,

Escreves narrativa deliciosamente! Tens criatividade e talento!


Beijos,
AL

Marcos de Sousa disse...

Tem selo no meu blog para você. Depois passe lá para buscar.

http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/03/so-mais-uma-carta-de-amor.html

Beijos

Lorenna Almeida disse...

Own,que lindo! Adorei,minha querida! Mas ainda estou preocupada com a Lani! Será quando a Samantha vai deixar de ser tão egoísta a pensar só na dor dela?
Espero que rápido! Não é justo a Lani sofrer tanto!
Bjus!

Desabafando disse...

ah que triste

Template by:

Free Blog Templates