sábado, 16 de janeiro de 2010

Daisy

Finalmente sexta-feira... Nove dias sem ver o André, nove dias que ele viajou.

Meu pai me deixou de castigo apenas por um dia, tempo suficiente até ele descobrir que o André estava viajando.

Minha vida não acontecia nada de especial, nada mesmo, então por isso acabei ficando sem escrever todo esse tempo.

Hoje, porém, uma coisa surpreendente aconteceu.

Estava no quarto, logo no fim do dia, esperava ansiosa pelo momento em que André fosse me visitar para contar como fora a viagem, quando meu pai entrou.

_Mary, você tem visita.

Levantei contente:

_Então André veio finalmente me ver!-disse eufórica.

_Mas não é o André.

_Como não papai? Quem mais me visitaria nessa cidade?

Ele sorriu:

_Sua amiga de infância... Você se lembra dela?Vocês não se desgrudavam um minuto...

_Daisy... –disse nem um pouco animada.

_Você se lembra dela né Mary?Pelo amor de Deus, diz que sim.

_É claro que me lembro papai. A primeira coisa que o André fez ao me ver foi falar dela.

_Você não parece muito animada com a visita dela.

_Mas estou animada. -menti.

_Então é melhor descer, ela está te esperando.

_Certo, só preciso de um minuto.

_Está bem, mas não demora.

Ele saiu do quarto e eu fiquei sozinha. Comecei então a forçar minha memória, eu precisava de qualquer maneira me lembrar alguma coisa da Daisy.

Éramos grandes amigas, vivíamos vinte e quatro horas juntas, ela é um ano mais velha que eu (já formou o colegial), ela era a única que sempre soube do meu amor de infância pelo André. Tirando a Daisy, mais ninguém sabia, nem mesmo o André.

Olhei para o espelho desesperada, precisava me lembrar mais coisas dela. O André tinha me dito que a Daisy não se esquecera de mim nem por um minuto... Eu não podia deixar a Daisy pensar que eu tinha me esquecido dela, não mesmo. Mesmo que isso não fosse verdade.

Eu podia me lembrar que Daisy era muito sem graça, era magra demais e muito sem sal.. Mesmo assim eu gostara muito dela...

Ajeitei o cabelo e saí do quarto, não me arrumei demais porque não queria que a Daisy se sentisse sem graça perto de mim.

Tentei mais uma vez me lembrar dela, mas desisti. Era incrível como eu podia me lembrar tudo do André, mas dela eu só me lembrava que ela sabia dos meus segredos... Só isso.

Desci a escada e cheguei na sala. Daisy se levantou para me receber e eu a olhei sem acreditar, fiquei terrivelmente surpresa... Como estava enganada!

Continua



___________________________
Ps: Quero pedir a todos que participem da enquete para dar um título para a história de Mary....Obrigada a todos! Beijinhos e um ótimo final de semana!!!**Tânia.

32 escreveram:

Fernanda disse...

acho que ela estava linda...será se ela tabém gosta do andre?

Leidiane disse...

A história tá muito bacana..Mas quanto ao titulo, eu não sei, eu gosto de 'no silêncio do teu olhar' mas parece mais uma diario, então... Vou votar lá na enquete!
Bjos ;*

Letícia Alvares disse...

Ui ui.. curiosa pra saber como essa amiga ficou! XD

Voteei na enquete... *-* (Diário de Mary!)

Continuaaa. ;)

patyemo disse...

Fala serio esqueceu da amiga de infância![que por sinal ficu linda]rsrsrs.

bju~*~

*Tita e Sama* disse...

O que massa!!!Tomara que de tudo certo entre elas (:
bjus..

Carolina Bezerra disse...

Aiiii... qndo sai o próximo??? odeio esperar, principalmente quando acaba com suspense desse jeito.

mas eu amei! bjs

Reyel Angel disse...

Acho que essa amiga de infância vai dar trabalho rs...

Já votei na enquete.

Bjos na alma!

paraiso disse...

Será que o André tem algo com a Daisy ?
Estou gostando e esperando mais..

Beijos.

Mayla disse...

Já votei!
Adorei este capítulo*-*Ansiosa pela continuação:}
bjos
mah

''Tay' disse...

Será que ela vai conseguir se lembrar da amiga? Espero que sim.
Adorei esse capitulo.

bjus =*

Drizana Ribeiro disse...

Esse não acreditei é de surpresa, tipo a Deisy finalmente ficou bonita ou espanto de , ficou pior?
Tô curiosa?
Espero anciosamente a continução!
P.s.: Sobre o texto Um Quadro Mitológico. Sim, foi real, pelo menos para mim. Clarice por outro lado, não tem a resposta. Eu sei o poder que a nossa imaginação tem e sinceramente, acredito que ela entrou no quadro. Eu sei por que eu vi, eu, estava lá ! (Ou pelo menos a minha imaginação)
Bjs, Dri!

Mariana Andrade. disse...

AI, TANIA, ANTES DE COMENTAR, ME DESCULPA! aheuahe é que esqueci de postar o selo junto com meu texto ): mas ele tá salvo no meu computador, então logo posto.
enfim haeuahe meniiina, quer dizer que a tal da daisy virou uma gata? aehuaeh

:*

Lane .♥. Lima disse...

BRIGADO flor!
adooroo sempre as suas histórias, show!
bjs;*;

paraiso disse...

Nossa tentei pensar em um título, mas não me veio nada, se sair algo legal te deixo a idéia aqui.

Beijos.

Nana disse...

vc escreve fics? que legal!!
eu tambem!!!

estou aqui te visitando e contando com usa visita no meu blog de fics tambem!!!
bjoo

http://nana-minhashistorias.blogspot.com/

Desabafando disse...

xiii...será que a Daisy está muito diferente? rsrsrs....

TeXucoO disse...

HAUHSAUHUSAHHSAH
Já aconteceu comigo de esquecer da pessoa completamente. É engraçado como acontece.
*-*

Beijos

Marie disse...

aaaaaaaaaai to mt mt mt curiosa pra saber o que acontece *.*

Duanny!. disse...

aii.. morro de curiosidade!
aposto que ela tava Linda de morrer.
SHAUAHAUAHAUAHAUSA

;D

Mariah disse...

continue, continue!

Thaíse L. disse...

Adoreei a historia e já votei no titulo.. votei em no silencio do teu olhar.. Não podia ser outro :)
Louca para ver a continuação!!!
Bjus

Desirée disse...

ainnnnnnnnnnnnn!

eu quero ler o restooooooooo!!!!

bjoooooo :)

Bárbara Fróis disse...

Hum, to adorando o começo da história e acho que vai ter muiitos acontecimentos por ai ainda! Hehehehe

Bom quanto ao seu comentário no meu blog, eu posso lhe dizer que eu também acredito no amor, mas o problema é eu acreditar que ele esteja mesmo me esperando. Espero que siim e se Deus quiser vai estar sim! ;P
Bejos

Encanto disse...

Que situação!!!!!!!Amiga.
Continua..Estou adorando sua história..
Vc é showww!!

Beijos
é uma ótima semana pra vc.

Cadinho RoCo disse...

É só deixar o coração livre que ele se encarrega de trazer os momentos que estão marcados em seu interior.
Cadinho RoCo

paraiso disse...

Curiosaaa para ler mais..
Estou pensando em voltar para os meus queridso vinho e vermelho =D

Beijos.

meus instantes e momentos disse...

essa amiga vai dar trabalho......
tenha uma ótima semana.
foi bom vir aqui.
Maurizio

A Magia da Noite disse...

às vezes a memória atraiçoa-nos.

Juh disse...

Amigaa
a história tah cada vez melhor
acho q a Daisy deve estar linda e a Mary vai sentir ciúmes dela cm o andré!
Flor eu vi que vc mora em montes Claros,meu avô mora em montes clarinhos axu q fica na msm cidade
vc sabe me dizer??
se eh por aí por pertu ou non??
bjoks

Yasmin F. disse...

Ahhh.. a Daisy ta magra e linda? AhUAhUAhuA!

=*

Juliane S. Rocha disse...

Nossa já aconteceu comigo,
mas não lembrei quem era a amiga na hora... Disfarcei mas o pior que não saiba nem o nome. huah
Tive que confessar não teve jeito, depois ficou tudo bem.
Beijos...
Tenha uma ótima semana!

Jééh disse...

oh e Gata Burralheira virou Cinderela ^^

sinto que essa história promete ^^

Template by:

Free Blog Templates