segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Dois meses depois....



       Dois meses sem ver Eduardo, sem ver André... Dois meses para ter um tempo só pra mim. Tudo o que eu mais precisava.
         Aproveitei esse tempo para estudar e colocar minha cabeça no lugar, já não suportava mais as dúvidas e precisava entender de que lado estava o meu coração.
         Por vezes me pegava pensando em Eduardo. Sentia falta dos seus olhos azuis sempre tão calmos. Do seu abraço tão confortante e por que não dizer dos beijos? Sentia falta de tê-lo comigo.
         Sempre que acontecia alguma coisa boa era logo de Eduardo que eu me lembrava, minha vontade era de correr ao telefone e contar para ele que tinha aprendido aquela conta dificil de matemática, ou que tinha tomado banho de rio com as meninas. Tudo de bom que acontecia me fazia lembrar dele.
         Não posso negar que também pensei muito em André. A cidade me faz pensar bastante nele, me faz lembrar dos momentos que passamos juntos... E me da uma louca vontade de reencontrá-lo e matar a saudade.
         Nane, Lipa e Dako continuam distantes. Não me ligaram, não mandaram cartas e nenhum recado. Isso me deixa bastante triste, como elas podem ter se esquecido de mim tão facilmente por causa de um acontecimento tão idiota? Eu não entendo.
         Minha mãe e Carlinhos vêm todo final de semana para a casa do papai. Tem sido os melhores dias da nossa vida! O papai não briga com a mamãe e por vezes vejo os dois conversando amigavelmente perto da piscina, ela tem até ido para o restaurante ajudá-lo. Parece que finalmente estão se entendendo. Pelo menos como amigos.
         Esse tempo distante de tudo me ajudou bastante.
         Me sinto mais leve, livre. Acho que é porque me livrei das mágoas, das feridas. Isso me tornou mais leve, mais feliz.
         Não mais fico triste quando penso em André. As feridas já não doem.
         Tenho estudado feito uma louca. O dia da prova do vestibular está chegando, isso é reconfortante pois já não aguento mais estudar.

         Sexta- feira, 22:00 hs
      
         Sozinha em casa.
         O papai ainda devia estar trabalhando no restaurante e eu terminava de estudar um capítulo do livro.
         Virei a página e um pedaço de papel caiu deste.
         Abaixei calmamente e o peguei.
         Senti meu coração bater mais forte e uma alegria me invadiu. Era a letra de Eduardo.

       Ah, maravilhosa Mary... Como te amo! Queria que você soubesse que não quero ser apenas seu amigo e que só passo metade do meu tempo te ajudando a estudar porque necessito estar ao seu lado. Te ver só de longe já não me satisfaz, pois a cada dia que te conheço mais te amo, isso é inevitável!
        
Lágrimas correram dos meus olhos.
Aquele bilhete provavelmente teria sido escrito logo no começo, quando eu ainda nem sabia que ele era o meu adimirador secreto. Será que ele deixara no meu livro de propósito? Se tinha sido de propósito não tinha funcionado muito, pois eu só o estava encontrando agora.
Levantei da cadeira e corri para o telefone. Já não conseguia suportar a saudade!
Disquei os números... Meus dedos tremiam.
Depois de chamar algumas vezes, ouvi a voz de Eduardo do outro lado da linha.
_Alô?
A saudade estava quase me sufocando.
_Alô? Quem é? – ele perguntou de novo.
_Edu? – eu disse com a voz tremida devido ao choro.
Silêncio.
_Quem é? –ele perguntou depois de alguns segundos sem nada dizer.
_Edu! Sou eu! – Eu disse feliz.
_Mary?
_Sim!
Dessa vez o silêncio foi maior.
_Está tudo bem? –ele perguntou.
_Só liguei pra matar a saudade da sua voz.
_Ah... – silêncio. Ele estava diferente. – Escuta Mary, eu estou muito  ocupado agora. Você se importaria de ligar mais tarde?
_Ah... Tudo bem. – minha voz quase não saiu.
Ia me despedir, dizer que tinha sido bom falar com ele, quando ouvi uma voz feminina bem distante dizer:
_ Amor, já terminei aqui. Vai demorar muito aí?
Não era preciso dizer mais nada.
O telefone escorregou da minha mão e caiu desligando.

                                                               Continua

34 escreveram:

dear sarah disse...

Boa semana querida.
Obrigada sempre pelo carinho em meu blog.

Você é especial!

Thiara Ribeiro disse...

Caramba, não acredito!
Aposto que é uma das exs melhores amigas!
¬¬

Vanessa Sagossi disse...

Ah, mas que triste!!
Apenas 2 meses e ele já tem outra???
E a Glaucia?
Será que é ela?

Beijos,
Vanessa Sagossi
comentandoofilme.blogspot.com

Bandys disse...

Mas um sofrimento pra Mary.
Será que alguma coisa vai dar certo pra ela?

Beijos

Michele disse...

Dizem que algumas vezes só percebemos o amor quando o perdemos. Por essa confusão toda, é bom mesmo a Mary dar um tempinho longe de tudo, esperando a poeira baixar!

Beijo, querida!
Boa semana!

Valéria Sorohan disse...

Ahh que triste as coisas mudarem assim tão rápido.

BeijooO*

Joe B. disse...

estou gostando muito, me sinto interessado pelo que virá, continue.

disse...

Eu adoro o seu blog, pena que fiquei tanto tempo desatualizada. Obrigada pelo comentario. Bjs

Jυℓyαnα ツ disse...

Cara Chorei junto dela agora ;'(
Deve ser terrível se ver precisando de alguém e ter sido meio que substituida =/
Como quando nós imaginamos as coisas e nada sai como o planejado...
Muito triste mesmo.

Mal posso esperar pelo próximo capítulo XD



;*

Larissa disse...

Me bateu desespero pensando que seja a Gláucia. Será que aquela rapariga de merda ficou com ele? Como as coisas andaram rápidas pra ele, né?!
Ainda continuo com a tese de que a Mary deva ficar sozinha! haha

Beijos.

paraiso disse...

Aí como ela sofre hein, fico até com dó...
Mas ainda tenho esperança de que ela vai terminar essa história feliz.

Beijão

Marcos de Sousa disse...

Tem um selinho para você no meu blog. Depois passe lá para pegar.

http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2010/11/objeto-mulher.html

Beijos

Maria Lúcia disse...

Oi
A Mary com esse Edu ninguém
merece.
Estou esperando
por novas emoções.
Beijos...
Lúcia

Andressa P. Cruz disse...

=0
Não acredito nisso!
Como ele pode ser tão cretino assim!? Tão rápido???!!!Aaiiinnn ;~

Jééh disse...

O Deus eu não acredito nisso... o Edu não, ele não desse tipo de pessoa :O...alguém me explica que tá acontecendo? :S

Desabafando disse...

Ahhh...mas ta enrolada essa história dela com o Eduardo não? rsrsrs...ainda acho a Mary mto indecisa! Ela precisa ter mais atitude! rsrs..

May Wanderley disse...

O.O n acreditooooo...
aposto q é uma das 'ex melhores amigas' dela... ques bixas safadaaaaaaaaaaa...
pobre de mary :/
escreve logo oo outro pf
vai vai

ONG ALERTA disse...

Tem épocas na vida que precisamos nos focar em nossos objetivos e deixar o resto andar por si, beijo Lisette.

''Tay' disse...

OMG' aposto que é uma das meninas que parou de falar com a Mary o:
nao acredito que o Edu fez isso .-.
to adorando a historia.

tem selinho pra vc no meu blog.

bjus =*

Tatá disse...

nossa, que filho da mãe ein?
só dois meses e ele já tá com uma sirigaita?
Na certa é uma das amigas lá da outra.
pooooutz.
que tenso tenso!
:*

Machado de Carlos disse...

Olá, Como vai?

É admirável ler você. Adoro. Vivo cada capítulo que escreve. Realmente uma estória emocionante. Fico aqui aguardando um novo capítulo!

Realmente também me lembro de uma música assim, mas não sei de quem é. Mas a chuva lembra muito isso, não é?

Grande Abraço, escreva sempre!

Marie disse...

nossa '-'
adorei!
to curiosa pra saber como vai terminar

Brenda Santos disse...

Nossa que horror,nem acredito!nesse tempo o Edu,arranjou outra?Ôô
Coitada de Mary,é a que mais sofre nessa história,quero um final bem lindo pra ela,merece né?

Beijos
http://tudodmenina.blogspot com

paraiso disse...

Aquela blusa é linda né ?! Nossa estou desejando muito ela!!!

Beijão querida, esperando ansiosa pela continuação, não vejo a hora de ver a Mary feliz..

Leidiane disse...

Eu não acredito qe o Edu seria capaz de fazer isso com a Mary, é muita safadesa..
Bjos ;*

Carolinne disse...

AAaaaah, não acredito nisso!

Que safado! Maary, lenvanta a cabeça, esqueça ele e o André! Não perde seu tempo pensando neles não! Não merecem...

Mostra para eles que vc é mais vc, inclusive para aquelas suas amigas falsas, não se deixa abater não, se Edu realmente te amasse, ou te procuraria, ou esperaria mais um tempo!



Tô chocada :X


Arraza Mary






* beijo, amo seu blog! (:

Meri Pellens disse...

Nossa, que facada! O Edu se mostrou mesmo pior que o André, pois o André pelo menos não havia feito promessas de amor e declarações como o Edu. Aff...
Beijo...

dear sarah disse...

Ótima quarta-feira Tânia.

Larissa disse...

Tem selo pra ti no meu blog, querida.
Beijos.

Tatá disse...

escreve mais, escreve mais!

Vanessa Sagossi disse...

Ainda estou indignada com a quantidade de cara de pau do Edu.


Beijos,
Vanessa Sagossi
comentandoofilme.blogspot.com

Debbys disse...

mentiraaaaaaa =O

bjss

Luana Conti disse...

Cara, que legal. Sério. Não sou muito fã de historinhas de: maria a que ama renato que ama joana que não ama ninguém. hauahuahuah
Mas realmente a história me envolveu e já esotu esperando a próxima parte. Espero qeu um dia vire livro, de verdade.

Abraço, e sucesso.

Drizana Ribeiro disse...

Edu supera rápido, hein ?
Espero que tenha sido um mau entendido.... hummmmm
SEM PALAVRAS :(
Bjs, Dri !

Template by:

Free Blog Templates