quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Tédio

Depois de sábado à noite, não vi mais o André.

E cheguei à conclusão que ele tinha mesmo razão, sem ele eu entraria em profundo tédio.

Domingo: Passei o dia dentro de casa, logo à tarde começou a chover, ventar e a fazer muito frio. Fiquei feliz, já que sorveteria só vende em tempo de calor... Por consequência André não precisaria ficar lá e talvez fosse lá em casa fazer alguma coisa.

Troquei de roupa e esperei.

Esperei.

Esperei.

Mas ele não apareceu.

Queria tanto conversar com alguém... O meu pai não parava um minuto de brincar com Carlinhos, parecia até criança e eu estava sozinha dentro do quarto morrendo de vontade de bater papo. Mas ninguém entrou na internet, ninguém... O jeito foi tentar confundir o tédio e ir fazer alguma coisa, o que não funcionou.

Segunda: Amanheceu chovendo.

Papai preferiu que Carlinhos e eu ficássemos em casa, não teve outra opção se não obedecer.

Terça: Finalmente parou de chover.

Aproveitei para ir ao centro comprar o presente do meu amigo secreto (eu tirei o papai) comprei uma camisa e um livro, ele ama ler.

Quarta: Comecei a ficar preocupada, o André não apareceu e estava começando a achar que ele estivesse com raiva de mim.

Aproveitei o horário que papai estava sozinha e aproveitei para perguntar:

_Cadê o André, pai?

Ele me olhou estranhando a pergunta, mas respondeu:

_Está trabalhando querida... Por quê?Ele combinou alguma coisa com você?

_Não... -respondi sem graça. -Mas é que ele aparece frequentemente e de repente some, some e não aparece!

_Ah... Ele está trabalhando... Ele dá o maior duro para se manter, principalmente depois que os pais morreram.

_Hã?Morreram?Como assim?

_Sofreram um acidente há dois anos.

_Ele não me disse nada.

_Talvez porque não teve ocasião.

_Ocasião teve... Ele não para de conversar um minuto. Ele tem irmãos?

_Filho único.

_E onde ele mora?

_Numa república perto da faculdade. No começo ele morava comigo, mas depois achou melhor se mudar para um lugar mais próximo á faculdade.

_Que triste... Então ele é sozinho no mundo!

_Não é bem assim Mary. André é muito comunicativo, tem muitos amigos.

Já havia percebido mesmo, mas nada comentei com ele.

_Ah... E ele vai participar da ceia de natal com a gente, viu?-Papai avisou.

_Sério?E ele está participando do amigo oculto?

_Hum... Já percebi que não foi ele que você tirou.

_Ah, pai!-Reclamei rindo.

Fiquei um pouco abatida em saber da história de André, tão triste...

A ceia de natal vai ser amanhã, quinta-feira (25/12) e revelaremos o amigo oculto.

Não vejo a hora de chegar logo.

Bjos enormes e feliz natal desde já!!!





9 escreveram:

Vanessa Souza Moraes disse...

Algumas pessoas acabam mesmo com nosso tédio.

bjo.

patyemo disse...

Ai tadinho dele.
Mas bem que a Mary podia ter tirado o André no amigo oculto[rsrs](mais nem tudo é perfeito né?)

bju :)

Fernanda disse...

eu quero saber se ele tirou ela,tomara=)

Brunna disse...

Feliz Natal pra você! :))

''Tay' disse...

Tédio em plenas férias é um tédio.
o André podia ter tirado a Mary no amigo oculto =x seria muito legal.

bjus =*

Leidiane disse...

Oii
Obrigada pela passada no meu blog!
Ameii o teu
Bjos ;*

Hosana Lemos disse...

espero que o restante da semana te tragam mais alegrias!

=*

Felicidade Clandestina. disse...

to num tédio mortal por aqui |:

só escrever tem me dado mais ânimo'

Bjos flor e um FELIZ NATAL! ♥

Vanessa Souza Moraes disse...

Mesmo os sonhos não realizados podem ser belos.

Feliz natal e bjo.

Template by:

Free Blog Templates